O manual da segurança de dados na AWS e as responsabilidades compartilhadas

Fique por dentro de tudo que acontece na Viceri

Assine a nossa Newsletter

Ao enviar este formulário, declaro que li e aceito a Declaração de Privacidade da Viceri.

Sempre que você tem uma infraestrutura e precisa migrá-la para nuvem surge um questionamento: será que esse procedimento é seguro para o meu banco de dados? Será que as informações da minha empresa estão protegidas em um ambiente totalmente digital? Quão confiável pode ser uma estrutura em nuvem? 

A segurança do banco de dados na nuvem pode ser muito parecida com a segurança dos datacenters locais, mas com menor custo de manutenção. Em um ambiente digital você usa ferramentas que protegem o fluxo de informação da sua empresa. É o caso da AWS (Amazon Web Services), uma das infraestruturas mais seguras do mundo, onde você pode criptografar, mover e gerenciar dados com confiabilidade. 

Segurança na nuvem e porque você deve se preocupar com isso 

A segurança da computação na nuvem oferece as mesmas funcionalidades do modo “tradicional”. Isso quer dizer que todas as informações essenciais estão protegidas contra vazamentos, roubos ou possíveis exclusões. Basicamente, a segurança na nuvem não vai alterar seu modo de gerenciamento atual, mas vai fazer com que a prevenção, detecção e correção de falhas seja feita de uma forma muito mais ágil. 

Além disso, o serviço de armazenamento de dados necessita de requisitos de conformidade, principalmente em informações de saúde ou bancárias, por exemplo. Por isso, muitos serviços oferecem relatórios de auditoria, elaborados por terceiros, para atestar a eficiência do processo interno no gerenciamento de dados. 

Cada vez mais é preciso ter controle e confiança para exercer um trabalho de retenção de banco de dados. Para isso é necessário ter de uma rede que proteja informações, identidades e aplicações, além de atender a requisitos de proteção e confidencialidades de dados. Afinal de contas, uma nova lei de proteção de dados vem aí e, mais do que nunca, é preciso ser extremamente cuidadoso com seu banco. 

No Amazon Web Services é possível automatizar tarefas de segurança de forma manual, pagando apenas pelo que for usado pela sua empresa. O serviço tem ofertas tão seguras para cargas secretas de trabalho que empresas como a Netflix, o Slack e até o governo americano trabalham na nuvem da AWS. E acredite, do menor ao maior negócio, a segurança e credibilidade continuam iguais. 

Mas como isso funciona na prática? 

A AWS foi projetada para ser um dos serviços de cloud computing mais seguros disponíveis no mundo. Uma infraestrutura criada para satisfazer um alto rigor de segurança, com requisitos para atender organizações com informações altamente confidenciais como bancos globais e serviços militares. Segundo a própria plataforma, a AWS conta com 90 normas de segurança e certificações de conformidade e todos seus serviços de armazenamento de dados oferecem criptografia.

Independentemente do serviço contratado dentro da AWS, suas cargas de trabalho são protegidas com uma série de níveis de proteção que são básicos da plataforma. Isso garante a confiabilidade do processo. 

Proteção de dados e da infraestrutura

A AWS protege seus dados, contas e cargas de trabalho de acessos não autorizados. A plataforma fornece criptografia para os 117 tipos de armazenamento e também gerenciamento de chaves e detecção de ameaças. 

Além disso, a plataforma ainda protege sua infraestrutura com regras que você mesmo cria, possibilitando o bloqueio de padrões comuns de ataque. Isso tudo porque faz um monitoramento contínuo das atividades na rede. 

AWS IAM

O Identity and Access Management permite que você gerencie as identidades e permissões de acesso a nuvem. Você configura e habilita seus usuários através de um token físico ou virtual, tudo na forma ideal para que você gerencie o mais rápido sua forma de trabalho. 

Testes de penetração 

A AWS permite em sua plataforma avaliações de segurança e testes de penetração em sua infraestrutura. Alguns testes não são permitidos e precisam ser informados com antecedência para a AWS, como ataques de negação de serviço, por exemplo. Se qualquer tipo de desalinhamento ou problema de segurança for detectado, é necessário entrar em contato imediatamente com a AWS Security.

E o que são as responsabilidades compartilhadas? 

Independentemente da atuação no mercado, toda empresa se preocupa com a segurança dos seus dados. Por este motivo, a AWS oferece controle e propriedade sobre os dados através de uma ferramenta avançada que permite gerenciar permissões, acessos, armazenamentos e mais diversos recursos do sistema. Tudo para que nada seja acessado sem a devida autorização. 

As responsabilidades compartilhadas são um ponto crucial dentro da segurança na AWS. Da mesma forma com que a AWS trata e protege os dados, também é necessário que o cliente tenha certos cuidados. Segundo a plataforma, a AWS é responsável pela segurança “da nuvem” e o cliente pela segurança “na nuvem”. Basicamente, a AWS se responsabiliza por proteger a infraestrutura que executa os serviços oferecidos: hardware, software, redes e instalações. 

As responsabilidades do cliente são com relação ao sistema operacional de visitantes, de toda a parte de criptografia e transferência de dados, tanto dados em repouso quanto dados em trânsito. O cliente determina onde o conteúdo será armazenado, o tipo de armazenamento e a região. A AWS dá todo o suporte e chaves de criptografia para que ele consiga operar sua responsabilidade da forma mais correta e eficiente possível. Tudo muito bem configurável. 

A responsabilidade do cliente é definida pelos serviços contratados e selecionados por ele na nuvem. Isso determina a quantidade de operações que ele deverá executar como suas responsabilidades de segurança. Alguns serviços, inclusive, exigem que o cliente tenha total liberdade para fazer configurações e gerenciamentos de segurança. 

A computação em nuvem permite que você inove e transforme totalmente a área de tecnologia do seu negócio. Com a certeza da segurança do seu banco de dados é muito mais fácil poder pensar a escalabilidade da sua empresa. Isso fica muito mais simples com um serviço que monitora 24 horas por dia, 7 dias na semana e ajuda a proteger a confidencialidade, integridade e a disponibilidade de dados.

Facilitar a forma de trabalho das empresas é apenas um dos nossos objetivos. Quer saber mais? Fale com a Viceri. Nós temos um time completo, certificado em AWS e pronto para ajudar você a fazer o seu negócio crescer. 

Conteúdos Relacionados

Transformação Digital

O que é transformação digital?

A transformação digital é a integração da tecnologia digital em todas as áreas de um negócio, mudando fundamentalmente a forma como você opera e entrega

Leia mais »

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin