Golpes na Black Friday: como evitá-los

Fique por dentro de tudo que acontece na Viceri

Assine a nossa Newsletter

Ao enviar este formulário, declaro que li e aceito a Declaração de Privacidade da Viceri.

Em 2021, a Black Friday será no dia 26 de novembro e é o momento perfeito para consumidores fazerem uma pechincha, mas os perigos de ser vítima de um golpe de compra estão crescendo a cada ano.

Os golpes de compra ocorrem quando os fraudadores aproveitam o período de Black Friday, onde existe um grande volume de ofertas para aplicar golpes.

Veja 5 dicas para evitar cair em golpes nesta Black Friday:

  1. Atenha-se a varejistas de boa reputação. Se você estiver comprando com um comerciante novo para você, faça a devida diligência. Verifique se há um endereço físico, um número de telefone de atendimento ao cliente e um site com aparência profissional. Os sinais de alerta de sites incompletos incluem grafia incorreta, design estranho e carregamento lento. Compre apenas em sites seguros com criptografia SSL, com URLs começando com https (em vez de http) e um ícone de cadeado no canto.
  1. Muitos consumidores farão compras online neste ano, e os criminosos estão se aproveitando, enviando notificações falsas de entrega por e-mail ou mensagem de texto. Essas notificações podem parecer que vêm de algum serviço de entrega, correios dentre outros. Os golpistas estão apostando que você comprou algo online recentemente, e a Black Friday e a Cyber Monday aumentam suas chances. Eles podem mencionar um problema com a entrega e fornecer um link no qual você pode clicar para “corrigir o problema”. Você pode ser solicitado a inserir informações pessoais ou um número de cartão de crédito. Saber mais sobre esse golpe é um bom começo. Se você receber um e-mail ou texto sobre um problema de entrega, não clique em nenhum link ou ligue para qualquer número fornecido. Se você acha que pode ser uma mensagem legítima, pesquise as informações da empresa por conta própria e entre em contato com eles diretamente. Se a mensagem não for legítima, informe sobre o golpe.
  1. Se for pagar a compra com boleto, confira quem é a empresa beneficiária que aparece no momento do pagamento do boleto, no aplicativo ou site do banco. Se o nome for diferente da marca ou empresa onde a compra foi feita, a transação não deve ser concluída.
  1. Evite redes públicas de internet, elas são mais vulneráveis à interceptação de dados pessoais. A recomendação é que o usuário use o WiFi público para pesquisar preços e sites, caso precise, mas finalize as compras usando uma rede particular.
  1. Em compras online dê preferência para cartões virtuais. Desta forma, um número de cartão novo é ativado no próprio aplicativo do banco ou fintech e expira pouco tempo depois. Isso evita que golpistas usem os dados de um cartão fixo para fazer compras ilegais.

A azáfama das festas de fim de ano é um presente para os cibercriminosos. É por isso que é tão importante saber como os golpes de compras da Black Friday de 2021 funcionam e tomar medidas para ajudar a manter você, sua família e sua propriedade seguros nesta temporada.

Denúncias

Vítimas desse tipo de crime devem procurar as delegacias especializadas e registrar boletim de ocorrência para que as investigações sejam iniciadas e os criminosos identificados.

Conteúdos Relacionados

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin